Ao Intencional

Kamma



Definio

"Inteno, eu lhes digo, kamma. Pela inteno, a pessoa faz kamma atravs do corpo, linguagem e mente."

-- AN VI.63

 


Assumindo a responsabilidade por suas prprias aes

"'Eu sou o dono das minhas aes (kamma), herdeiro das minhas aes, nascido das minhas aes, relacionado atravs das minhas aes e tenho as minhas aes como rbitro. O que quer que eu faa, para o bem ou para o mal, disso me tornarei o herdeiro'.

"Esse um fato que deve ser contemplado por todos com freqncia, quer seja mulher ou um homem, leigo ou ordenado.

"Agora, baseado em que linha de raciocnio algum deve contemplar com freqncia ... que 'Eu sou o dono das minhas aes (kamma), herdeiro das minhas aes, nascido das minhas aes, relacionado atravs das minhas aes e tenho as minhas aes como rbitro. O que quer que eu faa, para o bem ou para o mal, disso me tornarei herdeiro'? H seres que se conduzem de uma forma prejudicial com o corpo ... com a linguagem ... com a mente. Porm, ao contemplar nisso com freqncia, essa conduta prejudicial com o corpo, linguagem, e mente ou totalmente abandonada ou enfraquecida...

"Um nobre discpulo considera o seguinte: Eu no sou o nico a ser o dono das minhas aes (kamma), herdeiro das minhas aes, nascido das minhas aes, relacionado atravs das minhas aes, a ter as minhas aes como rbitro; que - o que quer que eu faa, para o bem ou para o mal, disso me tornarei herdeiro, mas sempre que houver seres, indo e vindo, falecendo e renascendo, todos esses seres sero os donos das suas aes, herdeiros das suas aes, nascidos das suas aes, relacionados atravs das suas aes e tendo as suas aes como rbitro. O quer que faam, para o bem ou para o mal, disso eles se tornaro herdeiros. Ao contemplar isso com freqncia, os [fatores do] caminho surgem. Ele permanece fiel ao caminho, desenvolvendo-o, cultivando-o. Ao permanecer fiel ao caminho, desenvolvendo-o e cultivando-o, os grilhes so abandonados, as tendncias subjacentes so destrudas.

-- AN V.57  


Kamma deve ser conhecido e compreendido

"'Kamma deve ser conhecido. A causa pela qual o kamma acionado deve ser conhecida. As variaes do kamma devem ser conhecidas. O resultado do kamma deve ser conhecido. A cessao do kamma deve ser conhecida. O caminho da prtica para a cessao do kamma deve ser conhecido. ' Assim foi dito. Em referncia a que foi dito?

"Inteno, eu lhes digo, kamma. Pela inteno, a pessoa faz kamma atravs do corpo, linguagem, e mente.

"E qual a causa porque o kamma se manifesta? Contato a causa pela qual kamma se manifesta.

"E qual a diversidade do kamma? Existe o kamma para ser experimentado no inferno, kamma para ser experimentado no mundo dos animais, kamma para ser experimentado no mundo dos fantasmas, kamma para ser experimentado no mundo humano, kamma para ser experimentado no mundo dos devas. A isto se denomina a diversidade do kamma

"E qual o resultado do kamma? O resultado do kamma de trs tipos, eu lhes digo: aquele que surge no aqui e agora, aquele que surge mais tarde [nesta vida ] e aquele que surge depois desta vida. A isto se denomina o resultado do kamma.

"E qual a cessao do kamma? Com a cessao do contato, kamma cessa; e justamente este nobre caminho ctuplo - entendimento correto, pensamento correto, linguagem correta, ao correta, modo de vida correto, esforo correto, ateno plena correta, concentrao correta - o caminho da prtica para a cessao do kamma.

"Agora quando um nobre discpulo compreende desse modo kamma, a causa porque kamma se manifesta, a diversidade do kamma, o resultado do kamma, a cessao do kamma, e o caminho da prtica que conduz cessao do kamma, ento ele compreende esta penetrante vida santa como sendo a cessao do kamma.

-- AN VI.63  


Refletindo acerca das prprias aes (O Buda ensina seu jovem filho)

[O Buda:] "Como voc interpreta isto, Rahula: Para que serve um espelho?"

[Rahula:] "Para refletir, senhor."

[O Buda:] "Da mesma forma, Rahula, aes corporais devem ser feitas aps repetida reflexo, aes verbais devem ser feitas aps repetida reflexo e aes mentais devem ser feitas aps repetida reflexo.

Rahula, quando voc quiser praticar uma ao corporal, voc deveria refletir a respeito: 'Esta ao corporal que quero praticar - conduzir minha prpria aflio, aflio de outros, ou ambos? uma ao corporal sem habilidade, com conseqncias dolorosas, resultados dolorosos?' Se, refletindo, voc sabe que conduzir sua prpria aflio, aflio de outros, ou ambos; ser uma ao sem habilidade com conseqncias dolorosas, resultados dolorosos, ento qualquer ao corporal desse tipo totalmente inadequada. Porm se refletindo, voc sabe que no causar aflio...ser uma ao habilidosa com felizes conseqncias, felizes resultados, ento qualquer ao corporal desse tipo adequada.

...(Da mesma forma para aes verbais e aes mentais)...

"Enquanto voc estiver praticando uma ao corporal, voc deveria refletir a seu respeito: 'Esta ao corporal que estou praticando - conduzir minha prpria aflio, afliio de outros, ou ambos? uma ao corporal sem habilidade, com conseqncias dolorosas, resultados dolorosos?' Se, refletindo, voc sabe que conduzir sua prpria aflio, aflio de outros, ou ambos...voc deveria desistir dela. Porm se refletindo voc sabe que no ...voc pode continuar com a ao corporal.

...(Da mesma forma para aes verbais e aes mentais)...

"Tendo praticado uma ao corporal, voc deveria refletir a respeito ... se, refletindo, voc sabe que conduziu sua prpria aflio, aflio de outros, ou ambos; foi uma ao sem habilidade com conseqncias dolorosas, resultados dolorosos, ento voc deveria confess-la, revel-la, abri-la para o Mestre ou um sbio companheiro na vida santa. Tendo confessado...voc deve exercer conteno no futuro. Porm se refletindo voc sabe que no conduziu aflio...foi um ao corporal habilidosa com conseqncias felizes, resultados felizes, ento voc deveria se sentir mentalmente renovado e contente, treinando dia e noite nos estados benficos.

...(Da mesma forma com aes verbais e aes mentais)...

"Rahula, todos os sacerdotes e contemplativos no passado que purificaram as suas aes corporais, aes verbais e aes mentais, o fizeram atravs de uma repetida reflexo dessa mesma forma. Todos os sacerdotes e contemplativos no futuro que purificaro as suas aes corporais, aes verbais e aes mentais, o faro atravs de uma repetida reflexo dessa mesma forma. Todos os sacerdotes e contemplativos que no presente purificam as suas aes corporais, aes verbais e aes mentais, o fazem atravs de uma repetida reflexo dessa mesma forma. Portanto, Rahula, voc deve treinar dessa forma: 'Eu purificarei minhas aes corporais, aes verbais e aes mentais atravs da repetida reflexo.'"

-- MN 61  


Cinco coisas que podem ser ganhas agindo sabiamente

"Essas cinco coisas so bem vindas, agradveis, prazerosas e difceis de obter no mundo. Quais cinco? Vida longa ... beleza ... prazer ... status ... renascimento no paraso. Agora, eu lhe digo, essas cinco coisas no so obtidas atravs de preces ou desejos, se fossem obtidas atravs de preces ou desejos quem aqui no as teria? No adequado que o nobre discpulo que deseja vida longa reze para isso ou se delicie agindo assim. Ao invs disso, o nobre discpulo que deseja vida longa deveria seguir o caminho da prtica que conduz vida longa. Agindo assim, ele obter vida longa, humana ou divina....( Da mesma forma com beleza, prazer, status, e renascimento no paraso)..."

-- AN V.43


O passo seguinte no Treinamento Gradual: Amizade Admirvel

 

Revisado: 2 Setembro 2006

Copyright © 2000 - 2021, Acesso ao Insight - Michael Beisert: editor, Flavio Maia: designer.