Anguttara Nikaya III.134

Dhamma-niyama Sutta

O Discurso sobre a Regularidade do Dhamma

Somente para distribuio gratuita.
Este trabalho pode ser impresso para distribuio gratuita.
Este trabalho pode ser re-formatado e distribudo para uso em computadores e redes de computadores
contanto que nenhum custo seja cobrado pela distribuio ou uso.
De outra forma todos os direitos esto reservados.

 


Bhikkhus, havendo ou no o surgimento de um Tathagata essa propriedade se mantm essa regularidade do Dhamma, essa ordenao do Dhamma: todos os fenmenos condicionados so impermanentes.

O Tathagata desperta de forma direta para isso, penetra isso. Despertando de forma direta e penetrando isso, ele o explica, ensina, proclama, estabelece, revela, analisa, elucida: todos os fenmenos condicionados so impermanentes.

Havendo ou no o surgimento de um Tathagata essa propriedade se mantm essa regularidade do Dhamma, essa ordenao do Dhamma: todos os fenmenos condicionados so sofrimento.

O Tathagata desperta de forma direta para isso, penetra isso. Despertando de forma direta e penetrando isso, ele o explica, ensina, proclama, estabelece, revela, analisa, elucida: todos os fenmenos condicionados so sofrimento.

Havendo ou no o surgimento de um Tathagata essa propriedade se mantm essa regularidade do Dhamma, essa ordenao do Dhamma: todos os fenmenos so no-eu.[1]

O Tathagata desperta de forma direta para isso, penetra isso. Despertando de forma direta e penetrando isso, ele o explica, ensina, proclama, estabelece, revela, analisa, elucida: todos os fenmenos so no-eu.

 


 

Nota:

[1] sabbe sankhara anicca, sabbe sankhara dukha, sabbe dhamma anatta: respectivamente todos os fenmenos condicionados, ou formaes (sankhara), so impermanentes, sofrimento; todos fenmenos (dhamma) so no-eu.

Os suttas so inconsistentes quanto questo de considerar nibbana como um fenmeno (dhamma). O It.90, entre outros, afirma de modo claro que sim. O Snp V.6 menciona o Buda afirmando que a realizao de nibbana a transcendncia de todos os fenmenos, igual ao Snp IV.6 e Snp IV.10. Se a primeira definio for adotada neste caso, nibbana seria no-eu. Se for tomada a ltima, a palavra fenmeno, (dhamma), (mais abrangente que formao, sankhara) se aplicaria experincia de nibbana por aquele que no retorna (veja o AN IX.36). A experincia de nibbana pelo arahant no seria nem eu, nem no-eu, j que est alm de qualquer caracterizao possvel (veja o DN 15).

>> Prximo Sutta

 

 

Revisado: 22 Maio 2014

Copyright © 2000 - 2021, Acesso ao Insight - Michael Beisert: editor, Flavio Maia: designer.