Anguttara Nikaya IV.192

Thana Sutta

Caractersticas

Somente para distribuio gratuita.
Este trabalho pode ser impresso para distribuio gratuita.
Este trabalho pode ser re-formatado e distribudo para uso em computadores e redes de computadores
contanto que nenhum custo seja cobrado pela distribuio ou uso.
De outra forma todos os direitos esto reservados.

 


"Bhikkhus, essas quatro caractersticas podem ser conhecidas atravs de quatro (outras) caractersticas. Quais quatro?

" vivendo junto com uma pessoa que a sua virtude pode ser conhecida e somente aps um longo perodo de tempo, no um perodo curto; por algum que seja atento, no por algum que seja desatento; por algum que tenha sabedoria, no por algum que no tenha sabedoria.

" lidando com uma pessoa que a sua pureza pode ser conhecida e somente aps um longo perodo de tempo, no um perodo curto; por algum que seja atento, no por algum que seja desatento; por algum que tenha sabedoria, no por algum que no tenha sabedoria.

" atravs da adversidade que a tolerncia de uma pessoa pode ser conhecida e somente aps um longo perodo de tempo, no um perodo curto; por algum que seja atento, no por algum que seja desatento; por algum que tenha sabedoria, no por algum que no tenha sabedoria.

" atravs da discusso que a sabedoria de uma pessoa pode ser conhecida e somente aps um longo perodo de tempo, no um perodo curto; por algum que seja atento, no por algum que seja desatento; por algum que tenha sabedoria, no por algum que no tenha sabedoria.

[1] " vivendo junto com uma pessoa que a sua virtude pode ser conhecida e somente aps um longo perodo de tempo, no um perodo curto; por algum que seja atento, no por algum que seja desatento; por algum que tenha sabedoria, no por algum que no tenha sabedoria. Assim foi dito e em referncia a que foi dito isto?

" o caso em que um indivduo, atravs da convivncia com outro, descobre o seguinte: Por um longo tempo esta pessoa atravs das suas aes tem sido despedaada, quebrada, manchada, suja. Ela no tem sido consistente nas suas aes. Ela no pratica consistentemente de acordo com os preceitos. Ela uma pessoa sem princpios, no uma pessoa virtuosa, com princpios. E ento existe o caso em que um indivduo, atravs da convivncia com outro, descobre o seguinte: Por um longo tempo esta pessoa atravs das suas aes no tem sido despedaada, quebrada, manchada, suja. Ela tem sido consistente nas suas aes. Ela pratica consistentemente de acordo com os princpios. Ela virtuosa, uma pessoa de princpios, no uma pessoa sem princpios.'

" atravs da convivncia com uma pessoa que a sua virtude pode ser conhecida e somente aps um longo perodo de tempo, no um perodo curto; por algum que seja atento, no por algum que seja desatento; por algum que tenha sabedoria, no por algum que no tenha sabedoria. Assim foi dito e em referncia a isso que foi dito.

[2] '" lidando com uma pessoa que a sua pureza pode ser conhecida e somente aps um longo perodo de tempo, no um perodo curto; por algum que seja atento, no por algum que seja desatento; por algum que tenha sabedoria, no por algum que no tenha sabedoria. Assim foi dito e em referncia a que foi dito isto?

" o caso em que um indivduo, por lidar com outro, descobre o seguinte: Esta pessoa lida de uma forma com uma pessoa, de outra forma com duas pessoas, de outra forma com trs pessoas, de outra forma com muitas. As suas primeiras negociaes no esto em harmonia com as subsequentes. Ela impura no seu comportamento, no pura. E ento existe o caso em que um indivduo, por lidar com outro, descobre o seguinte: a forma como essa pessoa lida com uma pessoa, a mesma forma como ele lida com duas, com trs, com muitas. As suas primeiras negociaes esto em harmonia com as subsequentes. Ela pura no seu comportamento, no impura.

" lidando com uma pessoa que a sua pureza pode ser conhecida, e somente aps um longo perodo de tempo, no um perodo curto; por algum que seja atento, no por algum que seja desatento; por algum que tenha sabedoria, no por algum que no tenha sabedoria. Assim foi dito e em referncia a isso que foi dito.

[3] " atravs da adversidade que a tolerncia de uma pessoa pode ser conhecida e somente aps um longo perodo de tempo, no um perodo curto; por algum que seja atento, no por algum que seja desatento; por algum que tenha sabedoria, no por algum que no tenha sabedoria. Assim foi dito e em referncia a que foi dito isto?

" o caso em que um indivduo, sofrendo a perda de parentes, perda de riqueza, ou perda por doena, no reflete: 'Assim a convivncia no mundo. Assim quando se tem uma identidade pessoal [atta-bhava, literalmente estado do eu"]. Quando se vive no mundo, quando se tem uma identidade pessoal, essas oito condies mundanas revolvem acompanhando o mundo e o mundo revolve acompanhando essas oito condies mundanas: ganho e perda, fama e m reputao, elogio e crtica, alegria e tristeza. Sofrendo a perda de parentes, perda de riqueza, ou perda por doena, ele fica triste, sofre e se lamenta, bate no peito, fica perturbado. E ento existe o caso em que um indivduo, sofrendo a perda de parentes, perda de riqueza ou perda por doena, reflete: Assim a convivncia no mundo. Assim como se tem uma identidade pessoal. Quando se vive no mundo, quando se tem uma identidade pessoal, essas oito condies mundanas revolvem acompanhando o mundo e o mundo revolve acompanhando essas oito condies mundanas: ganho e perda, fama e m reputao, elogio e crtica, alegria e tristeza. Sofrendo a perda de parentes, perda de riqueza, ou perda por doena, ele no fica triste, sofre ou lamenta, no bate no peito ou fica perturbado.

" atravs da adversidade que a tolerncia de uma pessoa pode ser conhecida e somente aps um longo perodo de tempo, no um perodo curto; por algum que seja atento, no por algum que seja desatento; por algum que tenha sabedoria, no por algum que no tenha sabedoria Assim foi dito e em referncia a isso que foi dito

[4] " atravs da discusso que a sabedoria de uma pessoa pode ser conhecida e somente aps um longo perodo de tempo, no um perodo curto; por algum que seja atento, no por algum que seja desatento; por algum que tenha sabedoria, no por algum que no tenha sabedoria. Assim foi dito e em referncia a que foi dito isto?

" o caso em que um indivduo, atravs da discusso com outro fica sabendo o seguinte: Pela forma como essa pessoa aborda um assunto, pela forma como ela aplica (a sua lgica), pela forma como ela responde a uma pergunta, ela tola, no tem sabedoria. Por que isso? Ela no faz declaraes profundas, tranquilas, refinadas, alm do escopo da conjectura, sutis, dignas dos sbios. Ela no consegue entender o significado, ensin-lo, descrev-lo, revel-lo, explic-lo ou torn-lo simples. Ela tola, sem sabedoria. Como se um homem com boa viso estando em p na margem de um lago pudesse ver um pequeno peixe emergir. O seguinte pensamento lhe ocorreria, Pela forma como esse peixe emerge, pelo quebrar das ondas, pela sua velocidade, um peixe pequeno, no um peixe grande. Da mesma forma um indivduo, em uma discusso com um outro, sabe o seguinte: Pela forma como essa pessoa aborda um assunto, pela forma como ela aplica (a sua lgica), pela forma como ela responde a uma pergunta ela tola, no tem sabedoria.

"E ento o caso em que um indivduo, discutindo com um outro sabe o seguinte: Pela forma como essa pessoa aborda um assunto, pela forma como ela aplica (a sua lgica), pela forma como ela responde a uma pergunta, ela tem sabedoria, ela sbia. Por que isso? Ela faz declaraes que so profundas, tranquilas, refinadas, alm do escopo de conjectura, sutis, dignas dos sbios. Ela consegue declarar o significado, ensin-lo, descrev-lo, revel-lo, explic-lo ou torn-lo simples. Ela tem sabedoria, ela sbia. Como se um homem com boa viso estando em p na margem de um lago pudesse ver um pequeno peixe emergir. O pensamento lhe ocorreria, Pela forma como esse peixe emerge, pelo quebrar das ondas, pela sua velocidade, um peixe pequeno, no um peixe grande. Da mesma forma um indivduo em uma discusso com um outro, descobre o seguinte: Pela forma como essa pessoa aborda um assunto, pela forma como ela aplica (a sua lgica), pela forma como ela responde a uma pergunta ela tem sabedoria, ela sbia.

" atravs da discusso que a sabedoria de uma pessoa pode ser conhecida e somente aps um longo perodo de tempo, no um perodo curto; por algum que seja atento, no por algum que seja desatento; por algum que tenha sabedoria, no por algum que no tenha sabedoria . Assim foi dito e em referncia a isso que foi dito.

"Essas bhikkhus so as quatro caractersticas que podem ser conhecidas atravs de quatro (outras) caractersticas.

 


 

>> Prximo Sutta

 

 

Revisado: 16 Abril 2005

Copyright © 2000 - 2021, Acesso ao Insight - Michael Beisert: editor, Flavio Maia: designer.