Samyutta Nikaya LVI.51

Nakhasikha Sutta

A Ponta da Unha

Somente para distribuio gratuita.
Este trabalho pode ser impresso para distribuio gratuita.
Este trabalho pode ser re-formatado e distribudo para uso em computadores e redes de computadores
contanto que nenhum custo seja cobrado pela distribuio ou uso.
De outra forma todos os direitos esto reservados.

 


Ento, o Abenoado, tomando um pouco de terra com a ponta da unha, disse aos bhikkhus, O que vocs pensam, bhikkhus? O que maior: a pequena quantidade de terra que tomei com a ponta da unha ou o grande planeta terra? [1]

Venervel senhor, o grande planeta terra muito maior. A pequena quantidade de terra que o Abenoado tomou com a ponta da unha quase nada. Comparado ao grande planeta terra, essa pequena quantidade de terra no calculvel, no tem comparao, no representa nem uma frao.

Assim tambm, bhikkhus, para um nobre discpulo com o entendimento consumado que penetrou as nobres verdades, o sofrimento que foi destrudo e extinto muito maior, enquanto que aquele que resta quase nada. Comparado com a massa de sofrimento anterior que foi destruda e extinta, o que resta no calculvel, no tem comparao, no representa nem uma frao, visto que haver no mximo sete vidas. Ele um daqueles que compreende como na verdade : Isto sofrimento. Ele compreende como na verdade : Esta a origem do sofrimento. Ele compreende como na verdade : Esta a cessao do sofrimento. Ele compreende como na verdade : Este o caminho que conduz cessao do sofrimento.

Portanto, bhikkhus, um esforo deve ser feito para compreender: Isto sofrimento. Um esforo deve ser feito para compreender: Esta a origem do sofrimento. Um esforo deve ser feito para compreender: Esta a cessao do sofrimento. Um esforo deve ser feito para compreender: Este o caminho que conduz cessao do sofrimento.

 


 

Notas:

[1] Este sutta semelhante ao SN XIII.1. [Retorna]

>> Prximo Sutta

 

 

Revisado: 16 Abril 2005

Copyright © 2000 - 2021, Acesso ao Insight - Michael Beisert: editor, Flavio Maia: designer.